Criando um mundo à minha medida... -"Grande mundo!!! Tu só medes 1.80"...

Segunda-feira, 05 de Novembro de 2007

Hoje senti-me imprestável, senti que apenas encontro-me a gastar dinheiro e forço de pessoas que de todo fazem para que eu possa ter uma vida melhor…

Sinto-me mal, sinto que todo o que faço não é bem feito, todo o que vivo, não esta correcto… Vivo sempre como se tivesse uma corda ao pescoço, corda essa, que tento ao máximo desapertar…

 Sempre tive medo de não ser um bom filho, de até mesmo errar! Nunca apanhei bebedeiras, nunca fiz nada inconscientemente, nunca fiz nada que conseguisse dizer: “Tenho orgulho do que fiz”… Sinto apenas que não sou merecedor dos esforços que as pessoas que gostam de mim fazem, sinto às vezes necessidade de correr e fugir de locais, devido ao meu estranho medo de cometer algum deslize, de dizer que nunca tentei, que nunca experimentei, que nunca vivi….

Será que me encontro numa fase de negação, onde tento apenas ver o que existe de mau em mim??? Sei que também tenho qualidades, mas será que com essas mesmas qualidades consigo sobrepor as minhas lacunas??

Porquê??? Porque tento ao máximo complicar a minha vida, deveria ser mais um inconsciente como outros tantos, que apenas desejam da vida o máximo que esta lhes possa dar…

Deveria projectar-me em modelos mais vulgares, que pouco ao nada querem da vida, e que tentam ao máximo atingir a vida que querem, subindo sobre os ombros daqueles que nunca tentaram ou tiveram medo de tentar subir…

 

Frase do dia: “Posso sentir muito mal por ser como sou, mas nunca em tempo algum faço alguém sofrer para ganhar alguma coisa com isso!”

sinto-me:
música: Madredeus - As ilhas dos Açores
tags:
publicado por EA às 20:44

De Luna a 7 de Novembro de 2007 às 15:23
Acho que todos passamos por uma fase em que sentimos que não somos suficientemente bons, aliás nem todos mas qualquer pessoa minimamente consciente e responsável sente que não está a fazer o esforço suficiente para alcançar os seus objectivos, ou os objectivos que os outros esperam que tenhamos. Identifiquei-me com tudo o que foi dito. Já ultrapassei um pouco a fase do "não mereço isto ou aquilo" mas ainda tenho MEDO, para não dizer PAVOR, de falhar com a minha família, não só pais mas perante todas as pessoas que depositam em mim alguma "esperança". É sobretudo um medo terrível de DESILUDIR todas as pessoas que acreditam que posso alcançar os meus objectivos por mérito próprio.

Gostei da frase do dia...Algumas pessoas desconhecem totalmente o significado da palavra escrúpulos e passam por cima de quem for preciso, infelizmente já fui uma vítima destas pessoas mas confesso que foi bom poder levantar a cabeça e dizer "Vês tu chegas-te mais depressa através de esquemas mas eu cheguei mais longe agindo de forma diferente"!


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
17

18
20
21
24

26
28
29
30


Últ. comentários
Olá Daiane!Sou Psicóloga e fazendo uma pesquisa no...
Olá ! Agradeço as visitas que recebo de sua parte ...
Não pude deixar de vir cuscar e comentar! Goste...
Olá! =)Todos nós merecemos um "miminho" ocasionalm...
Oh... Isso foi tão incrivelmente fofo. Agora fique...
Gosto
boa música e bom vídeo!
Dói sim! Só pode doer, quando o ser interior é tão...
Olá :)Gostava muito de falar melhor contigo! Neste...
Nicka, até eu gostava de ouvir um seu "meo" da pes...
O que me vai na alma...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro