Criando um mundo à minha medida... -"Grande mundo!!! Tu só medes 1.80"...

Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2008

 No início de cada ano gosto de saber o que, os ditos astrólogos dizem acerca do meu signo (Carneiro).

 

 

 

Este ano calhou ler coisas do género: " O ano 2009 para os nativos de Carneiro, será caracterizado pela introspecção." Eu: - Simmmm.. "  Durante este ano terão a influência especial da Carta de Tarot o Eremita, que acentuará a vontade e a necessidade de se conhecerem melhor." Eu:  - Normal?? Ou não??? Que mais... " Por outro lado, os nativos deste signo também estão sob influência da Carta de Tarot 7 de Espadas, que significa que começarão agora a ser preparados novos planos. " Eu: Ya.. Deixar de ler coisas destas, até chegar o próximo ano, plano estabelecido.

 

 

 

Apercebi-me que sou mais frágil do que pensava que rapidamente vou abaixo, senti falta das pessoas de quem gosto e por quem gostava de estar rodeado mas, por algum motivo não dá não deu e, dificilmente um dia será possível.
Este ano foi um ano estranho, começou com problemas ainda por resolver do ano anterior (2007), com perspectivas de mudança e de me crer impor ao mundo. Conheci pessoas novas, larguei pessoas já conhecidas, mais uma vez tomei decisões certas, decisões erradas, mas agi.

 

Gostei de ver em mim mesmo perseverança, não fugi e lutei por quem queria, por quem amo, apenas foi pena não ter reciprocidade.

 

Estes dias fazem-me sentir mal, sentir uma intensidade negativa,  sentir-me pior ainda. Li um livro que dizia que estes momentos ficam para sempre marcados na nossa ME (Memória Existencial), dificilmente desaparecem e raramente são superados.  Pode ser que aprenda com os mesmos e retire a dor que tenho no corpo.

 

Tenho vontade de vestir-me de preto, de pintar o cabeço de negro e serrar os dentes às pessoas, demonstrar que não sou a cara feliz que apresento, que também sou como eles um ser Humano, com limitações e receios. Nenhum de nós é feito de ferro, mas não podemos estar sempre de cabeça para baixo, cabe a cada um de nós dar o nosso melhor às pessoas que nos rodeiam, mesmo que nem sempre essas sejam merecedoras do nosso esforço.

Isto ensinou-me a sentir o vento de maneira diferente, de saber ouvir o cair da chuva, sentir o frio a subir pela espinha acima enquanto estou deitado na cama, na vasta e efémera cama de casal, de ouvir música de piano e olhar para as fotos afixadas à parede, todas elas com expressões diferentes, todas elas com histórias diferentes todas elas apenas minhas e só minhas...

Ano de 2009 peço-te para além de saúde, trabalho e o bem-estar dos meus, peço-te que me ajudes a mudar, que cries acções que me façam mudar e tomar decisões. Quero ser mais do que um rapaz de 1,80m, com olhos e cabelos castanhos-claros, com boa aparência. Quero ter alguém que me veja para além da aparência que tenha ou que possa vir a cultivar, quero apenas uma alma que cresça e com quem eu possa crescer também..

 

Feliz Ano de 2009 para todods, aprendam a serem felizes, pois os nossos problemas ao lado dos problemas das pessoas que não têm nada, são insignificantes. Eu aprendi a dar valor ao que existe ao redor do meu olhar... 

 

 

sinto-me: Em construçao, 1dia serei algo
música: Sobre todas as coisas - Maria Rita
tags:
publicado por EA às 20:48

Domingo, 14 de Dezembro de 2008

 

 

 

 

A vida é mesmo o MUNDO... Troca as voltas todas em breves instantes.

Sem ter muita vontade de fazer coisa alguma tive mesmo assim que adiantar um trabalho mas, só de pensar no tema penso logo que não haveria tema mais indicado para esta altura (ironia em forte). Imagina... Calhou-me analisar o Grau de Satisfação.

Epa por amor de um santo, se tivesse que analisar neste preciso momento a minha satisfação nesta altura acho que já teria uma tese para mestrado.. Bem lá comecei a escrever e a ver que afinal há coisas incríveis... Fiquei simplesmente apreendido por imaginar que as variáveis que analiso numa empresa podem ser analisadas em mim, que as soluções que apresento para mudarem adaptação plenamente em mim.. Mas tal como na empresa vejo difícil o acto mudar...

Mas enfim, a chuva lava mais que o chão das estradas, lava cabeças e pensamentos...

 

P.S - Adoro andar à chuva... 

 

sinto-me: Clean
música: Deolinda - Movimento Perpétuo Associativo
tags:
publicado por EA às 21:08

Sábado, 13 de Dezembro de 2008

Tenho que te deixar ir, libertar a tua vaga alma do meu corpo, do meu pensamento do meu enormissimo desejo.

Tenho que te deixar seguir os rumos que queres traçar, as escolhas que fazes as tuas próprias vontades. Só assim posso demonstrar o quanto és importante para mim.

Fazes o que julgas mais correcto o mais acertado, assim pensas. Vou focar as minhas restantes forças na capacidade de esquecer, na necessidade de apagar o que de bom existe. Passado, presente e até, a ilusão de um eventual futuro. Sei que doi, sei que vai trazer tanto para mim como para ti momentos de reflexão, de tristeza de dor mas, mais nada posso fazer..

Pedi-te apenas um minuto para pensar, para reflectir para saber que não errava em crer avançar mas, decidiste dar-me o resto de uma vida só para pensar. Até agora errei por pensar, por tentar, por fugir..

O mais frustrante é saber que gostas de mim e mesmo assim nao queres estar aqui...

 

Apenas queria saber escolher...

sinto-me: The beast
música: Sara Tavares
tags:
publicado por EA às 21:44

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Últ. comentários
Olá Daiane!Sou Psicóloga e fazendo uma pesquisa no...
Olá ! Agradeço as visitas que recebo de sua parte ...
Não pude deixar de vir cuscar e comentar! Goste...
Olá! =)Todos nós merecemos um "miminho" ocasionalm...
Oh... Isso foi tão incrivelmente fofo. Agora fique...
Gosto
boa música e bom vídeo!
Dói sim! Só pode doer, quando o ser interior é tão...
Olá :)Gostava muito de falar melhor contigo! Neste...
Nicka, até eu gostava de ouvir um seu "meo" da pes...
O que me vai na alma...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro